25 de jan de 2010

Roberto Carlos e o Guarujá

Frequentemente a turma da Jovem Guarda esticava a noitada com a praia. Saíam da boate às quatro horas da manhã e iam para o Guarujá em cinco, seis carros, todo mundo acompanhado, ficando em algum hotel do litoral paulista. "Costumávamos passar várias vezes pelas curvas da estrada de Santos", afirma Erasmo Carlos. "Eu gostava muito de viajar naquela estrada, embora ali não desse para correr muito", diz Roberto Carlos. Pois a canção As curvas da estrada de Santos nasceu exatamente naquele cenário. Foi numa certa noite, no início de 1969, quando Roberto Carlos mais uma vez descia a serra em direção ao Guarujá, onde iria fazer uma apresentação. De repente, ele começou a imaginar a história de um cara sozinho dentro de um carro naquela estrada procurando desabafar toda a dor de um amor perdido. "Quando voltei do show não fui dormir antes de terminar a música", lembra, enfatizando que As curvas da estrada de Santos é uma espécie de grito, mas não apenas meu. Fala de uma fossa muito grande que, às vezes, muita gente sente. Daí, o cara procura a estrada de Santos, que é perigosa, para afirmar seu poder.

Aquilo é um desafio a que o cara se lança, correndo perigosamente pela estrada de Santos, usando nas curvas uma velocidade que deveria acontecer nas retas".

(Trecho do Livro Roberto Carlos em Detalhes, Paulo Cesar de Araujo)

0 comentários:

Postar um comentário

Blog Guarujá Web, história e curiosidades do Guarujá. Escrito por Francisco Farias Jr | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis